Revista MultiAtual - ISSN 2675-4592

Editorial v.2, n.6, 2021

Ricael Spirandeli Rocha – Editor Adjunto

Editorial v.2, n.6, 2021

Edição Julho

 

Caros leitores,

Esta é a primeira edição especial da nossa revista, a qual contemplamos resenhas sob a temática “Contribuições Epistemológicas e Científicas da Educação”. As resenhas vislumbram a compreensão sobre preferências de produção cientifica na área social, a qual pode-se compreender com uma produção intelectual e existencial, isto é, o pensamento crítico concebido perante debate sobre uma narrativa contemporânea na vivência acadêmica e, a intelectualidade nas perspectivas de autores consagrados que se entrelaçam em um mesmo contexto, desmaranhando um verdadeiro artesanato intelectual.

As resenhas expressam ideias críticas sobre determinada obra, contextualizando assuntos educacionais e de outros seguimentos na ótica epistemológica, as quais são evidenciadas na construção e no desenvolvimento do saber, buscando cessar a sede do conhecimento, subdivido ideias sobre a vida e a intelectualidade, compreendendo que a persistência deve ser um ponto considerável pois, a partir do trabalho constante, chega-se ao nível de saber necessário sob reflexões e interpretações do pensamento crítico. Esse apontamento reflete sobre a compreensão de aprender a partir da própria experiência exaltando-se no trabalho intelectual.

Nesse sentido, é a partir de uma clara linguagem que se alcança gradativamente o percurso do saber, com boas inspirações, anotações, leitura e reflexões que possam construir a conclusão de um problematica, a fim de compreender o pensamento científico e sistemático, calçado por uma autorreflexão até alcançar o ato de escrever. Esse hábito é um produto de um longo percurso, onde inicia-se com anotações, evoluindo para reflexões mais abrangentes, até chegar em um repertório de ideias baseado na leitura de livros, mas independentemente disso, o trabalho diário deve ser realizado para alcançar o nível de intelectualidade a qual se almeja.

Todo esse diálogo objetiva na distinção entre um “tema” e um “tópico” pois, será da relação entre esses dois elementos que os materiais apresentados em um trabalho poderão ter mais ou menos relevância, já que, o tópico contém vários temas. Nesse sentido, o trabalho intelectual, os temas (ideias) possuem relação direta com os assuntos (tópicos) que são inseridos em um determinado texto, criando um ambiente favorável para a produção científica apoiado em uma obra literária, produzindo-se assim - resenhas críticas.

Dentre as resenhas publicadas nesta edição, a primeira, Educação para Além do Capital, resenhada por Daniel Rosado Pinezi, aborda reflexões sobre o capitalismo, a fim de romper a lógica do capital, no intuito de comtemplar a criação de possíveis alternativas educacionais que sejam significativas para o cotidiano da sociedade.

A segunda resenha, Sociologia da Infância no Brasil, resenhada por Keila Pereira da Silva, contempla uma abordagem da sociologia da infância no país, discutindo pesquisas entorno da infância ao longo das últimas décadas.

A terceira resenha é um clássico de Paulo Freire, Conscientização: teoria e prática da libertação - uma introdução ao pensamento de Paulo Freire, resenhada por Elias Dantas, traz a ideia libertadora sobre a conscientização do homem sob o saber, evidenciando práticas humanizadoras que libertam o sujeito das amarras da sociedade capitalista.

Outra obra de Paulo Freire, Educação como Prática de Liberdade, resenhada por Michelle Guimarães Naves Peres, contempla a quarta resenha desta edição, destacando a observação e visão do sujeito perante um axioma pedagógico, perpassando por aspectos históricos e sociológicos na educação brasileira, no cerne de uma pedagogia libertadora que destaca o sujeito enquanto ser social.

Na quinta resenha, A Formação Social da Mente, resenhada por Eduarda da Silva Lopes; Sandra Fabiane Kleszta; Erica do Espírito Santo Hermel e Rosemar Ayres dos Santos, aponta um estudo proponente da psicologia no prisma cultural e histórico no desenvolvimento de crianças e seu intelecto na relação interativa das condições que influencia a vida e se desenvolvem ao logo da história.

A sexta resenha, A Pesquisa-Formação na Cibercultura, resenhada por Marcos Vinícius Lopes Menezes Pinheiro, traz reflexões sobre contribuições científicas no campo da educação, destacando a educação online como um fenômeno da cibercultura e a pesquisa-formação como uma perspectiva teórico-prática da formação docente.

A sétima resenha, Contraescola: a experiência do Instituto Politécnico de Cabo Frio, resenhada por Janaina Karla Pereira da Silva Rodrigues Firmino e Grazielle Alves dos Santos, apresenta importantes reflexões sobre a educação politécnica que visa formação humana omnilateral e integral do sujeito, relacionada a concepções contra-hegemônicas de educação frente a formação do neoliberalismo.

A oitava resenha, Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa, é um clássico de Paulo Freire, resenhada por Shirlei Santos Cardoso; Lídia Gomes de Macedo Messias; Luiz Carlos Eufrasio Macedo e Thamillys Mykaela Machado, transcende a autonomia do sujeito a partir da reflexão crítica sobre as ações docentes, desvencilhando do determinismo posto pela sociedade opressora.

A nona resenha, Introdução ao Estudo do Método de Marx: uma reflexão epistemológica, resenhada por Mara Rubia Aparecida da Silva; Cecília Barreto Almeida e Shirlei Santos Cardoso, traz um discurso epistemológico sobre o materialismo histórico-dialético na construção marxista perante a prática social.

Por último, a decima resenha, Literatura Infantil Brasileira: história e histórias, resenhada por Izabela Secco e Marciele Marchesan, evidencia o trajeto literário infantil, destacando-se como meio de transformação social e cultural que envolver e transforma o ser.

 

Boa leitura!

 

 

Ricael Spirandeli Rocha – Editor Adjunto

(Organizador)

Editorial v.2, n.6, 2021 Editorial v.2, n.6, 2021 Reviewed by Revista MultiAtual on julho 31, 2021 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.